RESUMO: O mundo enfrenta vários problemas sociais, ambientais e econômicos. Esses problemas resultam principalmente da conjugação de fatores como o forte aumento da população mundial, uso abusivo dos recursos naturais existentes e poluição da atmosfera, solo e água. Sendo o setor da construção um dos grandes responsáveis pelos problemas descritos, foram desenvolvidos alguns instrumentos para avaliar a sustentabilidade e reduzir o impacto da construção.

RESUMO: A conscientização sobre a degradação do meio ambiente causada pelas políticas de desenvolvimento adotadas pela sociedade moderna, provocou reflexões aprofundadas sobre os problemas ambientais, sociais e econômicos que afetam o planeta, tendo daí emergido o conceito de desenvolvimento sustentável como contraponto ao conceito de desenvolvimento baseado apenas em critérios econômicos.

RESUMO: As constantes alterações sofridas pelas cidades contemporâneas, fruto das crescentes taxas de aumento populacional, causam graves impactos no meio ambiente em que se inserem, assim como nos aspectos sociais e econômicos no âmbito do território urbano. Dentro desta perspectiva, torna-se urgente a elaboração e aplicação de instrumentos que permitam orientar o planejamento urbano no sentido da sustentabilidade.